30 anos e Mi Buenos Aires querida

3 comments

Quando vi o desafio que a Vera do “E hoje para jantar temos” tinha lançado fiquei deliciada.
O tema era as viagens, inspirado no Willy Fog e a sua volta ao Mundo.
Era pedido que partilhássemos uma receita  de um local (País) onde já estivéssemos estado. E proponha-nos ainda que contássemos um bocadinho da viagem, o que nos fascinou, o que nos impressionou, e o motivo por que escolhemos essa ou aquela receita.
No fundo este desafio veio mesmo a tempo de servir como pretexto para vos contar a história de uma viagem muito especial.

No passado mês de Dezembro eu completei o meu 30º aniversário, e era uma idade que me assustava, que eu não queria ter, pois isso significava assumir a maturidade esperada da idade adulta, significava sair dos meus queridos vinte anos… não que me sentisse pouco realizada, mas achava que era um marco, e sentia-me deprimida.

Até que o P. me surpreendeu, oferecendo-me o melhor presente de aniversário que alguém me poderia ter oferecido…uma viagem. E não uma viagem qualquer, uma viagem com destino a Buenos Aires, Argentina.
Há imenso tempo que nutria uma imensa curiosidade por esse país tao distante e nostálgico, um pouco como nós. 

Sou fã do Tango, adepta fervorosa de Futebol e profundamente fã do espírito sul-americano.
Devo-vos dizer que não fiquei nada desiludida com a viagem, pelo contrário, fiquei impressionada com a dimensão da cidade, da simpatia das pessoas, com a vontade de viver, com o “desenrascanço” (que julgamos ser uma característica portuguesa) e sobretudo com a capacidade de levantar a cabeça e seguir em frente valorizando o que se tem.

Para quem não se lembra ou desconhece, a Argentina sofreu a intervenção ruinosa do FMI em 2001, e passou de um País “quase de 1º Mundo” para um país em que a maioria da população se torna miserável. Mortalidade infantil, desnutrição, abandono social total, endividamento externo passou a ser a marca daquele país.

No entanto não desistiram, comeram o pão que o diabo amassou, mas sobreviveram. Apostaram no Turismo, valorizaram os produtos da sua indústria. O movimento artístico respondeu à crise produzindo mais e melhor, floresceu,tornando Buenos Aires numa das capitais mundiais com mais oferta cultural, exemplo disso, o Barrio de Palermo, inicialmente um bairro de mecânicos e hoje em dia um centro de Arte ambulante, com galerias, cafés, bares e até produtoras de cinema.

Tenho que vos dizer que o meu 30º aniversário foi passado a 10000km de casa, num club mítico de Tango em Buenos Aires, passando de temido a data absolutamente inesquecível (Mais uma vez obrigada Amorini J)…com uma grande lição de vida.
Por tudo isto e porque este post começa a ficar demasiado longo, deixo-vos umas empanadas tipicamente argentinas , espero que gostem !
(se tiverem curiosidade ou gostarem de comida argentina espreitem aqui)

E Vera, espero que gostes e obrigada pelo teu desafio!



























Empanadas Argentinas de Carne ( à direita na foto)

Ingredientes :10-12 empanadas

(para a massa)
250g de farinha tipo 55
1 colher de chá de sal
1 ovo médio
100g de banha de porco
5 colheres de sopa de água 
1gema de ovo

(para o recheio)
1 cebola
5 colheres de sopa de azeite
2 cabeças de alho
300g de carne de vitela picada
100ml de vinho branco
½ pimento vermelho
½ pimento verde
1 colher de sopa de orégãos
1 colher de chá de pimentão doce
40g de azeitonas verdes descaroçadas
Sal e pimenta a gosto

Retire a banha de porco do frigorífico e deixe à temperatura ambiente.
Numa taça coloque a farinha e sal e comece por misturar.
Enquanto amassa, junte o ovo e a banha partida aos pedacitos.
Incorpore as colheres de água e amasse até obter uma pasta homogénea.
Pode preparar no robot de cozinha ou á mão, eu fiz na MFP.
Forme uma bola, envolva em película aderente e leve ao frigorífico por 2 horas.
Depois estenda a massa numa superfície enfarinhada e estique até obter uma espessura de 2-4mm. Corte círculos de 10-12 cm.
Dobre os círculos a meio, preenchendo com o recheio frio. Feche com as bordas pincelando com umas gotas de água.
Pré aqueça o forno a 200ºC.
Coloque as empanadas num tabuleiro forrado com papel vegetal e pincele com gema de ovo. Leve ao forno durante 20m ou até estarem douradas

Para o recheio:
Coloque a cebola em cubinhos e azeite num tacho e refogue, até a cebola estar dourada. Junte o alho picado.
Adicione a carne temperando a gosto com sal e pimenta e deixe estufar por 20 a 30m. Adicione então o vinho e os pimentos, os orégãos ,o pimentão doce, retifique o sal e pimenta e deixe cozinhar por mais 15m ou até a carne estar macia.
Envolva no final as azeitonas verdes descaroçadas e reserve. (o recheio pode e deve ser preparado antes, ou até no dia anterior).


Empanadas Argentinas de Queijo e Fiambre (à esquerda na foto)
 
Ingredientes: 6-8 empanadas

(para a massa)
250g de farinha tipo 55
1 colher de chá de sal
80g de manteiga fria
120ml de leite frio
1gema de ovo

(para o recheio)
150 g de fiambre
200 g queijo em cubos para saladas
1 ovo
Sal e pimenta
Uma pitada de noz moscada


Numa taça coloque a farinha e sal. Enquanto amassa, adicione aos poucos o leite e metade da manteiga.
Amasse bem até obter uma mistura homogénea e deixe descansar a massa 10m.  
Mais uma vez, pode preparar no robot de cozinha ou á mão, eu fiz na MFP.
Estenda a massa numa superfície enfarinhada e coloque o resto da manteiga no centro , feche formando um envelope com a massa, envolva em pelicula aderente e leve ao frigorifico por 20m.
Volte a esticar a massa e dobra-la em envelope por mais 2 vezes, respeitando o intervalo de 20m no frigorífico.
Entretanto prepare o recheio, misture o queijo com o ovo, tempere a gosto com sal e pimenta ,adicione a noz-moscada e reserve.
Por fim estique a massa com 4-5 mm de espessura e corte círculos de 10-13 cm.
Coloque no centro de cada círculo uma fatia de fiambre e uma colher de sopa com a mistura de queijo, enrole o fiambre na mistura de queijo e depois feche as empanadas a meio pincelando os bordos com umas gotas de água.
Pegue na empanada, dobre cuidadosamente e una os bordos.
Pré aqueça o forno a 200ºC.
Coloque as empanadas num tabuleiro forrado com papel vegetal e pincele com gema de ovo. Leve ao forno durante 20m ou até estarem douradas.

Bom Apetite!

3 comentários:

  1. Obrigada pela participação querida Nita, adorei! Viajar é sempre fantástico, consegue fazer-nos ver sempre o outro lado da situação!
    Que boa maneira de comemorar os temidos 30 anos!
    Adorei a receita, adoro este tipo de petiscos!
    Bjinhos ♥

    ResponderEliminar
  2. Adorei este post :) Realmente a entrada nos 30 faz alguma confusão, também aconteceu comigo.
    As empanadas têm um aspecto delicioso!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Passei para desejar uma excelente Páscoa, cheia de coisinhas boas!

    Beijinhos MissB
    http://arcoirisnacozinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar