Lei de Lavoisier...nada se perde tudo se transforma!

3 comments

Depois dos excessos da Páscoa e de outras festas afins ficam os restos. E como não estamos em tempo de deitar nada fora, hoje venho postar uma ideia bem simples de aproveitamento de sobras.
Aliás com mais de 2 milhões de Portugueses a viver na pobreza e a taxa de desemprego a fixar-se nos 15 % já no passado mês de Fevereiro (e acreditem que conhecemos bem o drama), penso que deitar fora comida não é só desperdício mas quase imoral.
Sou adepta incondicional da reciclagem. E reciclagem de comida não é só boa para a carteira, mas também pode ser muito boa ao paladar.

 Já dizia Lavoisier que nada se perde e tudo se transforma.

Tinha perdido no frigorifico uns cogumelos e uns bifes de frango grelhados…e então nasce um folhado.
Aqui fica o meu folhado de frango, espero que gostem!





























Ingredientes:
-1 base de massa folhada fresca de compra
- 3 bifes de frango grelhados cortados às fatias (ou outra sobra de carne que tenha)
- 200g de cogumelos previamente salteados
- 1 lata de milho
- 2 ovos cozidos
- 1 cenoura
-1 gema( para pincelar a massa)
- sementes de sésamo (opcional)

Pré aquecer o forno a 200ºC.
Estender a massa em retângulo, num tabuleiro de ir ao forno forrado com papel vegetal ou untado com um pouco de manteiga ou azeite, com o lado mais largo de frente para nós. Dobramos sobre si mesma a massa, só para marcar o meio, numa das metades colocamos o recheio que deve estar frio (para a massa não se desfazer).
Sobre a outra metade fazemos com a ajuda de uma faca pequenos cortes no sentido do comprimento e fechamos o folhado premindo bem os bordos da massa.
Pincelamos com a gema de ovo e se quiserem podem polvilhar com umas sementes de sésamo que depois lhe confere um crocante engraçado (eu desta vez não pus).
Levar ao forno pré  aquecido 20minutos ou até estar dourado.
Bom apetite!

3 comentários:

  1. Assim é que é...no poupar é que está o ganho
    :9

    ResponderEliminar
  2. Temos de aproveitar tudo, eu também faço muitas coisas com sobras de carne, peixe etc.
    O folhado ficou apetitoso.
    Bjs

    ResponderEliminar